Café tem terroir?

Recentemente o termo terroir vem sendo usados em diversas culturas mundo a fora, e com o café não é diferente. Até então esse nome era muito comum no universo dos vinhos, somente. E o que ele significa para os vinhos vem se tornando um importante referencial também na cafeicultura.

Terroir é uma palavra francesa sem tradução em nenhum outro idioma. Significa a relação mais íntima entre o solo e o micro-clima particular, que concebe o nascimento de um tipo de uva (ou café), que expressa livremente sua qualidade, tipicidade e identidade em um grande vinho (ou café), sem que ninguém consiga explicar o porquê. (Fonte: Dicionário Larousse)

Trocando em miúdos, terroir é uma palavra usada para determinar a origem de uma plantação, no nosso caso o café. Leva em consideração vários elementos como solo, clima, altitude, latitude, sentido do vento, umidade, entre outros. É tudo aquilo que influencia na produção de uma região específica levando-a a produzir determinado café. As variedades de cafés estão diretamente ligadas aos terroirs, segundo sua produtividade, qualidade e sabor.

Sabe-se que as plantações em terrenos elevados, entre 800 e 1.300 metros, ganham vantagens na formação e no amadurecimento dos grãos de café. O frescor noturno, contraposto aos dias ensolarados e quentes, melhora a bebida, deixando-a mais encorpada, com aroma intenso. (Fonte)

One thought on “Café tem terroir?

  • Fernando Lana

    E Serra do Salitre vai entrar no top 10 das galáxias entre os melhores ‘terroirs’ do planeta.
    Parabéns pelo trabalho!!

    Responder

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *